terça-feira, 27 de abril de 2010

e meu coração nunca esteve tão no chão... tão pisoteado... tão em pedaços.

Nenhum comentário:

Postar um comentário