sábado, 12 de junho de 2010

new




A um ano atrás eu estava em Santos pela primeira vez, curtindo meu namorado novo, num bar novo, com pessoas novas, ganhando uma aliança nova... tudo novo. Agora, um ano depois, eu durmo e acordo do lado dele todos os dias, abraço ele todos os dias, beijo ele todos os dias. Loucura!
Desde que eu te conheci, nada vem sendo normal, igual ou algo que a gente pode esperar. Cada data vem sendo diferente, cada dia... Antes, era uma espera irrevogável por um beijo, por um abraço, pra ver, pra sentir. Agora, é uma espera de cada dia, pra ficar umas horinhas juntos, ir dormir juntos, acordar juntos.
Tudo vem sendo novo. Um namoro novo, uma pessoa nova. Tudo diferente. Diferente. Tão diferente, que muitas vezes não conseguíamos lidar com tantas diferenças. Elas nos pareciam grandes demais pra continuar juntos. Hoje vemos que todas essas diferenças nos juntaram e nos aproximaram cada vez mais. Nos juntaram num ap em Curitiba, de dois quartos, pequeninho, com um telefone retrô e uma coisinha vermelha sem nome e bonita na sala, com uma cama de "viúvo" e nossas diferenças todas misturadas e espalhadas pelo chão.
Nesse dia dos namorados, o nosso segundo, eu só posso dizer o quanto te amo, o quanto te quero, o quanto gosto de ser sua namorada, o quanto você me faz bem e o quanto quero passar todos os outros dias dos namorados existentes na minha vida, do seu lado.
Hoje vou por minha aliança, ganhei uma no segundo dia que te vi e desde aquele dia eu uso. Trocamos por uma nova, ano passado. E então, assim, eu vou passar esse dia com ela no dedo. Outra nova. Uma nova que marca essa nova fase. Nova.




Amo demais você, minha nova vida, namorado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário