segunda-feira, 30 de agosto de 2010

job.

tédio, tédio, tédio... tédio.


Nunca recebi um horóscopo tão ruim. Acho que não é coisa da minha cabeça... ô fase!

Bom, agora são 14:16 e eu já fiz tudo o que tinha para fazer aqui no trabalho. E era um favor ainda. Minha chefe não deixou nenhum bilhete com coisas para fazer hoje... TÉDIO! ><

Meu final de semana foi super bom! Família, Joinville, praia, show da Single Core... Ótimo! Tudo lindo.

To com sono, to cansada e quero muito ir para casa. Imagina ficar aqui até às 17:30 sem nada pra fazer -.-

Hoje é aniversário de várias pessoas importantes.. madrinha, meu amigo joão, meu amigo rodney. parabéns, parabéns.

Mas pra mim hoje não é um bom dia. Dor nas costas, sono... AH!

To chata e não to afim de escrever. Vou mergulhar nesse tédio... beijos.

De todo o amor que eu tenho
Metade foi tu que me deu
Salvando minh`alma da vida
Sorrindo e fazendo o meu eu

sexta-feira, 27 de agosto de 2010


secret feelings.

sadness



Mais um dia daqueles... Me segurando aqui pra não chorar.
Por que? Será tpm? Espero que sim.
Por favor, me perdoe por mais uma manhã assim... por favor, por favor.
Eu sei que essa manhã foi especial e legal para você... desculpa.
Amanhã quero passar o dia ao lado do meu avô.
Quero ficar ao lado dele até segunda-feira, até a última hora que der.
Não quero ficar assim.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

tudoqueeunãofalo.


Hoje é mais um daqueles dias que eu acordo com aquele humor.
Me desculpe, sei que fui chata durante o almoço... é que prefiro ficar na minha nesses dias.
Sei que prometi nunca mais guardar as coisas pra mim e te falar tudo o que se passa,
mas quando acordo assim, eu só acordo assim.
Quando eu sair daqui do trabalho, vou passar aí no seu e
vamos tomar um suco de melancia juntos, tá bem?
Te amo.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

hoje e sempre.

Me desculpe por todas as vezes que brigamos e que não deveríamos ter brigado. Me desculpe por todas as vezes em que não consegui estar ao seu lado, cuidando de você como deveria. Me desculpe por todas as vezes em que larguei sua mão, de birra. Mas saiba que desde que te conheço, quero muito estar ao seu lado, segurando sua mão, te guiando. E sendo guiado por você. Não quero caminhar à sua frente, quero estar ao seu lado. Quero dar cada passo junto com você. Quer construir minha família com você. Quero viver a vida e cada momento dela, ao seu lado, cuidando de você, amando você, com você. É em você que quero pensar quando eu escorregar na cozinha e me queimar com a lasanha, é para você que eu quero ligar dizendo “cheguei bem”, é o seu presente de natal que quero deixar por último, para poder me concentrar só nele. E para você que quero procurar livros, filmes e músicas que talvez você vá gostar. E quero passar o resto da vida voltando ao cinema com seu chocolate escondido no bolso, e me sentindo com 14 anos toda vez que você segura minha mão quando o filme começa. É com você que eu quero passear na Paulista, ver bicho, entrar nas bancas, pelo resto da minha vida. É no seu corpo que quero abraçar, antes de dormir, pensando se vivi o meu dia de acordo com o que sinto por você, e como posso melhorar amanhã. É com você e com nossos filhos que quero entrar no nosso quarto de manhã, com café na cama e um cravo para você. É o contorno do seu corpo nu que vou desenhar com uma rosa, antes de cobri-lo de beijos. E é para você que vou olhar quando quiser falar “vamos embora”; é sua mão que eu vou apertar quando quiser te mostrar algo que não posso falar, porque a pessoa está perto demais. É você que eu quero fazer rir. É você que eu quero fazer sorrir. É você que eu quero fazer gargalhar. É você que eu tenho medo de perder a cada briga, pois eu jamais saberia começar ou recomeçar qualquer outra coisa sem ter você ao meu lado. É para você que quero comprar presentes sempre que viajar, e vou mandar dois cartões postais, um para você ler para nossos filhos e outro só seu. Quero matar todas as aranhas do mundo por sua causa. É o seu remédio que eu quero comprar de madrugada. É no seu restaurante predileto que eu quero levar você para jantar no seu aniversário. No nosso aniversário. Quero esconder seu presente e espalhar pistas em papéis picados pela sala, pelo nosso quarto, pela casa inteira. É você que eu quero encher o saco até ler os quadrinhos que eu gosto, ou até você ver a série que eu cismei que você vai adorar. É por você que eu vou abrir mão de assistir ao filme que quero para ir ver o que você quer. Quero fazer cafuné até você dormir quando você estiver doente, quero segurar sua mão sua noite inteira quando você estiver triste e quero não deixar você dormir todas as noites da minha vida (sim, você entendeu). É o seu trabalho de faculdade que eu quero revisar, mesmo com você brigando comigo, dizendo que eu sou chato. Quero me aninhar no seu pescoço quando quiser fazer manha e ronronar, brincando que sou gato, quando quero seu cafuné. E é tua boca que vou beijar todos os dias de manhã, e todas as noites antes de dormir. É contra você que eu e nossos filhos vamos nos unir para atacar na guerra de travesseiros, e é para você que faremos shows de rock, na tarde de domingo, no meio da sala, com vassoura. É para você que eu vou dizer “der merda” quando der, “conseguimos” quando conseguirmos e eu te amo depois de cada um deles. É para o seu celular que quero mandar as mensagens de texto mais legais, e é você que eu quero ouvir, minha vida inteira, “me manda uma mensagem linda antes de dormir”. É o seu olho que eu quero olhar, sempre que o meu estiver sorrindo ou lacrimejando. É em você que eu quero pensar, é você que eu quero sorrir, experimentar e cheirar. Quero terminar de assistir Zodíaco com você, sem você dormir. Quero sempre me lembrar da primeira vez que olhei seus olhos, e sabia que era você, que sempre foi você. Quero ensinar você a jogar xadrez e não deixar você ganhar nem uma vez (bem, talvez umas duas, mas é só). É ao seu lado que eu quero ir em todos os casamentos, e para variar, sermos a alma da festa. Quero ficar puto com o cara que olhou o seu decote, e vamos embora senão eu vou matar o desgraçado. Quero te buscar e te levar. Quero esconder outro CD do Bob Dylan na sua bolsa, com um bilhete dizendo que te amo. Quero comprar o mundo para você, mas só porque você merece o mundo. Quero estar com você quando fizer sua tatuagem, quero que esteja ao meu lado quando eu fizer a minha. Quero passear de mãos dadas, quero ficar de saco cheio quando você experimentar dezenove roupas na loja (“não agüento mais de calor, vamos embora”), quero surpreender você dizendo para a vendedora “vamos levar os dois” quando você ficar na dúvida entre o preto e o roxo. Quero minha chave na sua bolsa, quero comprar seu shortinho para você ficar aqui na minha casa. E quero conhecer o mundo inteiro com você, só para depois do último país, virar e falar que já sabia que o meu mundo era você. E quero amar você para sempre, te enchendo de apelidos e dançando com você na rua. E, depois, quando a vida acabar, eu vou querer tudo de novo e dar um jeito de tudo isso acontecer de novo. Com você.



Texto copiado; mas senti eu e você em cada palavra lida. Te amo.

Deixei meu post de hoje lá no Tumblr, bonitinho.



Mas tenho que vir aqui deixar um parabéns pra ela... morena, linda, com uma energia ótima, uma risada divertida e uma amiga que eu adoro ter do meu lado. Parabéns Carolmaia! Foto de café, pra lembrar do início. Te amo amiga!

terça-feira, 24 de agosto de 2010


Johnette Napolitano - Wedding Theme From Candy
Se tem coisa que eu odeio é brigar com a minha mãe.
Mas o que eu odeio muito mais que isso é quando ela usa aquele tom de: ah, que ignorante.
Seria muito bom se ela escutasse, assim ela ia ver que o que eu estava querendo, não era nada do que ela estava falando.
Pode desligar na minha cara, sim. O que você estava falando eu já SEI.

To com fome. Quero ir pra casa. Mais um dia sem dinheiro... tá foda.

O tempo lá fora tá ótimo, o sol tá lindo. Odeio ficar em uma sala quando tem sol assim.

E esse teclado conseguiu me irritar nesse pequeno post, mais do que o corel irritou a tarde toda.

TEQUEBRO!

Estressei legal agora. Quero MUITO ir pra casa. E assim que eu chegar vou tomar um banho e fazer um bolo.

Tchau.

sábado, 21 de agosto de 2010

dreams.




Estava aqui lendo meu twitter e percebo o quanto as pessoas são revoltadas com o mundo e com sua vida. E quanto mais eu aperto MORE, mais eu percebo isso.
Do que nos adianta ficar encanado com certas coisas da nossa vida? São fases.
Azar, faculdade, falta de dinheiro, solidão... fases.
Aproveite elas para crescer!
Eu sei que ninguém gosta de ter azar. Aliás, quando ele vem é um saco!
Mas vem e passa. Se fosse tudo na base da sorte, que graça teria?
Tudo bem, não falei da política, dos roubos e do meio ambiente.
Política? Todos iguais. E perco totalmente a fé no povo brasileiro, quando vejo a Dilma ganhando força cada vez mais.
Roubos? E a política?
Meio ambiente? O que tu está fazendo pra melhorar?

Como já diria o poeta:

Eu não preciso de promessas
e acho que você também,
eu não tento ser perfeito
e acho que você também,
dias e noites, pensando no que fiz,
eu sou um vencedor,
eu lutei pelo o que eu quis,
Mas quando não se pode
mais mudar tanta coisa errada...
vamos viver os nossos sonhos, temos tão pouco tempo.

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

slowly


14:49 e eu aqui, sem NADA para fazer!

Só com um bilhete falando assim: Andressa, fazer uma cópia da cópia com a nova proposta de layout página (anexo) *Reduzir altura da página conforme modelo.

Pois é, também não entendi.

Depois de ler e ler e ler, entendi o que querem, mas ai... eu NÃO sou designer! Eu estudo PUBLICIDADE E PROPAGANDA. Obrigada.

Ainda aguardo email da colega me passando algo novo para fazer, mas acho que ainda não tem nada.

O outro estagiário vem só no início de setembro; jornalista ele. Espero que tenha mais trabalho, pq vão ser duas pessoas... né.


To com muita fome! Estamos tão sem dinheiro que nosso almoço tá sendo bem ruim haha Mas é só uma fase, oras. Daqui a 11 dias o mês acaba ^.^ Obviamente, não sei o que vamos comer nesses próximos 11 dias e aí, vou ter que pedir um help para meus pais.


Eu tenho mais 2h pra ficar aqui... socorro! Se pelo menos abrisse o twitter aqui pra eu passar o tempo lendo besteiras alheias... mas nem abre.


Estou olhando o bem legaus http://www.bemlegaus.com/ adoro esse blog. Da vontade de ter tudo que ele publica lá! Muitas coisas inovadoras, bonitinhas, fofinhas e gostosinhas de se ter.


Quero ir pra casa.


Queria muito comer um fondue de chocolate e frutas.


Queria super muito comer uma pizza.


Sempre que venho para o trabalho, tenho uma vontade enorme de ficar lá na praça do japão, mas hoje estava demais essa vontade. Aqui em Curitiba tá um clima ótimo! Calor. Mas não aquele calor ruim, muito calor assim... calorzinho. Um calor muito gostoso. E a parte da sete de setembro que eu moro é lindona! Deu uma super vontade de ficar caminhando por lá. Ficar sentada na praça, deitada na grama... Domingo vai estar mais quente que hoje, segundo o climatempo. Que bom! É a folga do Ricardo. Aí podemos ficar caminhando pra lá e pra cá. Onde moramos é muito bonito.


Sabe que eu tenho uma vontade assim... de quando eu for mais velha, ter uma casa perto da praia; uma casa aconchegante, talvez feita de madeira, mas toda branca. Madeiras brancas, portas brancas, janelas brancas, cortinas brancas. Só lá dentro que tem que ser colorida. Cada peça de uma cor. Com um terreno grande. Atrás, cheio de árvores e um espaço gostoso. E uma varanda grande, com telas e tintas, para que eu possa pintar quadros. Uma linda vista para a praia e para o pôr-do-sol. Sempre calor. E eu sempre usando vestidos e chinelos. Quero ter filhos também. Um casal. Cabeludinhos. Sempre de chinelos. Ele, que goste da água e aprenda a surfar. Ela, que goste de flores e aprenda a tocar piano. O marido pode ser o atual. Não me importo de passar a vida toda ao lado dele. Gosto muito do jeito que ele leva a vida. Tem algumas coisas pra aprender e crescer, mas todos nós temos. E sei que ele vem crescendo cada vez mais agora, longe de casa. Ontem ele chegou um pouco triste e reclamando. Não vejo ele assim. Não consigo entender e nem aceitar ele assim. Ele pra mim, é sol; sempre sorrindo e sempre "vamos conseguir, é só querer". Assim que gosto, assim que tem que ser. Ele me poe pra cima em dias ruins, só de ficar por perto com essa energia ótima que tens... nem deve saber disso. Bom, também quero trabalhar em casa. Eu gosto muito de trabalhar ao ar livre. Não gosto de ficar presa numa sala. Tipo aqui nos correios, as cortinas são fechadas por causa do sol. Não gosto assim, gosto de ar livre. Então, quero trabalhar em casa. Se for friozinho e com chuva, vou pra dentro, caso contrário, fico lá fora. Gosto assim. Fazendo as coisas ao meu tempo. Parar para tomar um chá, comer bolachas da vaquinha, ver um programa gostoso na tv... volta, trabalha. Fica com os filhos. Mas nada de levar trabalho para dentro de casa. Separa, cada coisa tem sua hora. Família e trabalho não formam par.


15:42


To super enrolando esse post. Mais um de besteiras.

Fico olhando o bemlegaus, o weheartit, volto, posto, olho de novo...

Penso.

Fui pegar amendoins e não tinha. E se não bastasse, lá vem o cheiro de café.


To com fome. Quero ir pra casa comer pão com margarina na chapa e chocolate quente. E ver um programa idiotinha na tv. Sinto falta de assistir séries. Tipo, Gossip Girl, The OC, That 70's Show, Two and a half man e essas coisas... Sem contar dos Simpsons! Mas aí, vem os desenhos animados também... hei arnold!, flap jack, billy e mandy e coisinhas.


Cansei.


16:04


Mais 1h30


PLOP

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

time


Hi there.


Agora são 16:28 e eu já terminei tudo o que tinha para fazer - sim, estou no trabalho.

O cheiro de café aqui está forte e eu estou morrendo de vontade de sair correndo, pegar a carolmaia e ir no Lucca. Mas como estou completamente sem money, ficarei na vontade. A não ser que a carolmaia pague um café para sua amiga :)

Preciso ficar aqui por mais 1h... preciso?

Ah, tédio.


Não vejo a hora que minha mãe venha para Curitiba, para irmos olhar um apartamento.

Que lindo, agora nosso de verdade!

Vamos poder pintar do nosso jeito - todo colorido.

Vamos poder furar as paredes e encher de quadros - todos coloridos.

Vamos poder escolher uns móveis bonitinhos - todos coloridos.

Vamos poder comprar tapetes e almofadas - todas coloridas.

Estou ansiosa! Sinto falta de um quarto lilás e ensolarado, onde eu possa encontrar toda a calma.

Quero comprar adesivos de parede e fazer ele todo bonito.

Enfim... todo colorido.


E essa hora que não passa... ainda bem que hoje veio a internet aqui no meu pc!

Vou ficar enrolando aqui no site de fotos bonitinhas até às 17h, aí vou no banheiro, tomar uma água e ir embora.

Eu adoro site de fotos bonitas, mas o meu preferido não está abrindo aqui, eu não lembro a senha do meu, para entrar nele e enfim... blablabla.


Ontem eu tive um daqueles dias em que eu acordo meio de saco cheio. Não gosto desses dias.

Não sei, eu só acordo assim. E meu humor só muda no outro dia.

Fico chata, me sinto sufocada, mal humorada e afins... O negócio seria voltar a dormir quando eu vejo que acordei assim. Mas não dá, aí tento ao máximo ficar na minha. Principalmente lá em casa... ele não precisa aguentar meu humor terrível dos dias terríveis mal acordados.


To com uma vontade de mudar o cabelo - mas juro que não vou.

E to também com vontade de tatuar esses pássaros do meu blog ai... É, esses ai, pequeninhos. Voandinho assim, sem rumo, mas sempre à frente.

Talvez tatua-los no meu pulso, de lado, sabe? No braço assim... Pequeninhos.

Seria legal, talvez.


Mês que vem recebo meu primeiro salário daqui do estágio.

Vamos fazer uma listinha de como o gastar:

Pizza hut

Roupa

Filme do snoopy

Tv a cabo

Livro

Lucca

Óculos novo - de lente

- Ok, já chega.


Preciso juntar um money por mês. Quero comprar um computador novo e tudo mais.

Economizar, né. Juntar dinheiro é preciso. Não só no vidro das moedas.

Uma vez, a gente depositava muitas moedas nesse vidro de moedas; agora a gente só rouba moedas do vidro de moedas. Estamos pobres. Eu e ele. Só o que temos é o vidro de moedas.

Como é legal ter um vidro de moedas, não é? Sempre salvando!

Dá pra comprar pão, dá pra comprar coca-cola, dá pra andar de ônibus... Mas quando a gente pega tipo, mais que 3,00 aí parece até que dói e que vai acabar logo todas aquelas moedas que estão dentro daquele vidro de moedas.


Esse teclado daqui é igual a um que eu tinha lá na casa da minha mãe... super duro e uma hora dói os dedos quando a gente tecla demais.


Os telefones aqui não param de tocar, aí eu pego o meu, aperto o * achando que é algum telefone aqui da minha ilha, mas nem é. Aí eu só fico ouvindo os telefones tocarem ainda.


Hoje eu tenho drenagem linfática. Tenho que tomar um monte de água e depois fico indo no banheiro de 10 em 10min. Mas é bom. Isso, é. Eu preciso tirar um furo que ficou ao lado da minha cicatriz, tipo uma celulite gigante - UAAAAAAAAAAARRRRRRRR! Que feio. Tá, nem é tão grande assim, mas eu já sou um little traumatizada com cicatriz de perna direita, então to de boa de furinho tipo celulite.


Faz maior tempo que estou olhando o site de fotos bonitinhas e ainda não escolhi uma para o post/besteiras de hoje. Mas olha que já são 16:59 e eu preciso escolher logo. Daí vou no banheiro, tomar uma água, dar mais uma enrolada e ir embora, né?



17:00!!



Trimtrimtrim, alguém atende esse telefone!


Tenho vontade de café com chantilly e de uma pizza.


Agora veio uma mulher querida aqui conversar comigo e ver o meu trabalho na revista. Aí ela achou bem legal e meus porta-bolsas também. E dai, muito legal.


Bom, já são 17:09 e eu vou no banheiro, tomar uma água, ir na carolmaia, pegar minha chave e mais mil coisas que tenho lá, vou pra casa, vou passar pela praça do Japão, vou comer pão torradinho com nutella, vou tomar café, vou tomar dois copos de água, vou fazer drenagem linfática, vou fazer bicicleta ergométrica, vou tomar banho, vou fazer a unha, vou ver passione, vou ver a grande família, vou esperar o namorado, vamos ver um filme, vamos ficar juntos como namorados e vamos dormir.


E também, não vou mais ver fotos bonitas, eu gosto muito de estrelas nessa corzinha assim... Então, estrelas nessa corzinha assim por hoje.


See ya.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

more higher!


As vezes me sinto assim, meio de saco cheio. Mas vem e passa... e só.




Sonhe com o que você quiser. Vá para onde você queira ir.
Seja o que você quer ser, porque você possui apenas uma vida
e nela só temos uma chance de fazer aquilo que queremos.
Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte. Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.

terça-feira, 17 de agosto de 2010


Sou apaixonada por livros, filmes, música, lilás, rosas, pijama, pantufa, dormir abraçado, publicidade, sol, primavera, praia, calma, viagem, estrelas, pizza, irmãos, avô, namorado, orquídeas, sorrisos verdadeiros, amigos, lágrimas de felicidade, moleton, tênis, Incubus, esmaltes coloridos, snoopy, simpsons, cobertor, desenho animado, salto alto, brincos pequeninhos, tatuagens bonitinhas, humildade, sinceridade, fotografia, retrô, cachecol, petit gateau, cozinhar, barulho de chuva, cheiro de manjericão, sonhos bons, planos, escrever, pintar, colorido, maquilagem, chocolate quente, ir no cinema, andar de bicicleta em lugar bonito, calor, família reunida, casa ensolarada, rua arborizada, portas brancas, cachoeiras, cheiro do namorado, árvores, bonecos, luminárias, bebês, móveis bonitos, cerejeiras, folhas secas no chão, me sentir amada, fondue de morango com chocolate, café com chantilly, blogs gostosos de ler, fotos gostosas de ver, liberdade de expressão, carinho, bondade, chicletes, caneta colorida, natal, Clarice Lispector, beijos apaixonados, abraço do irmão, pequeno príncipe, agenda bonitinha, adesivos, paredes coloridas, água, Curitiba, cama, travesseiro, banho, perfumes, Deus, xícaras, chocolate, nachos, vida.




Olhe, tenho uma alma muito prolixa e uso poucas palavras.
Sou irritável e firo facilmente.
Também sou muito calmo e perdôo logo.
Não esqueço nunca.
Mas há poucas coisas de que eu me lembre.


segunda-feira, 16 de agosto de 2010

i need you so much closer


por te falar eu te assustarei e te perderei?
mas se eu não falar eu me perderei,
e por me perder eu te perderia.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

she will be loved.


Não vou conseguir.
Te olhar e não te ter.
Te sentir e não te beijar.
Saber que você está aqui no mesmo lugar que eu e ao mesmo tempo tão distante.

Hoje quando me abraçou, pensei que ia explodir em lágrimas lá mesmo... na mesa do restaurante.

Não vai dar. Não vou conseguir.

Ontem estava dormindo, mas quando você chegou e foi para o outro quarto, perdi completamente o sono e lá vieram as mil lágrimas de novo.

Não consigo comer. Não consigo dormir. Não consigo respirar.

Não vou conseguir. Se não for pra te ter, quero ficar longe.

Não vou conseguir não sofrer.





Vai passar.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

e quem um dia irá dizer que não existe razão...

Eu sei que as coisas vão melhorar. Nem que seja longe um do outro... só vão melhorar.
O meu amor é tanto que as vezes parece que não aconteceu nada; e depois de tudo o que ouvi, a minha vontade hoje quando me segurou entre as pernas, era de te abraçar, beijar, sentir sua respiração ofegante... ter você.
Eu sei que não vai ser fácil. E nem está sendo. Muito pelo contrário.
Fiquei num jejum intenso por quase 30h. Chorei litros de lágrimas que insistiam em cair. Segurei mil lágrimas que borbulhavam nos meus olhos quando me deixou no ponto de ônibus. Segurei mais mil lágrimas durante o trabalho. E mais mil na volta para casa.
Mas quando entrei pela porta e vi o que tinha deixado pra mim, foi como uma explosão de sentimentos. Vários... misturados, confundidos, doídos, machucados.
Aquela flor; único botão, tão vermelho, tão intenso, tão vivo e verdadeiro. A flor mais linda que eu já ganhei em toda a minha vida. Aquela música tocando... Como disse, tem horas que parece não ter acontecido nada e eu sei que não duvidaria de mim, esquecer.
Mas você me confunde tanto e eu não sei o que esperar, não sei como agir.
Me fala tantas coisas, faz tantas outras e faz eu morrer por horas. E então, o dia termina com surpresa e música bonita. O que esperar? O que quer de mim?
Você me deu o pior aniversário que eu poderia esperar ter. Você me deu a pior dor no coração. Você me deu a pior decepção. Todas essas coisas "doloridas" são de seu mérito.
E eu? Continuo amando cegamente. Continuo aguardando um beijo. Continuo aguardando um abraço. Continuo aguardando ouvir sua voz.
Eu amo.

like knives.


e eu não poderia ter aniversário pior do que esse.
espero nunca mais ter aniversários tão ruins.

não estou nem conseguindo respirar...

domingo, 8 de agosto de 2010

Dinamizando a criatividade


Marte na casa 5

De 08/08 (hoje) às 20h26 até 21/09 às 0h24, o planeta Marte estará transitando pela Casa 5 do seu mapa de nascimento, Andressa. Este é um momento interessante para você colocar para fora seu lado competitivo. Que tal chamar seus amigos para jogar? Por que não arriscar, fazendo apostas ou jogando um pouco? Tudo com moderação, é claro! Na verdade, este é um momento legal para desafios e testes que você se imporá. Se estiver rolando algum concurso ou concorrência, tanto melhor para você, pois suas chances são boas. Seu espírito competitivo estará mais atiçado, e o que você deseja é vencer!

A mesma qualidade conquistadora está valendo para o amor e o sexo. Você estará tomando atitudes mais "diretas ao ponto" no que diz respeito ao sexo e às suas abordagens afetivas. Este é um momento particularmente bom para a vivência da sua sexualidade, convém aproveitar. Por outro lado, o aspecto conflitivo de Marte pode desencadear competições entre você e as pessoas mais próximas (inclusive com pessoas a quem você ama) e, em casos mais extremos, conflitos e pequenas rupturas de relacionamento. Convém tomar cuidado com isso.

Por toda esta qualidade competitiva e voltada para a auto-superação, este é um momento bastante interessante para praticar ou iniciar algum esporte, Andressa. Nem que seja uma coisa temporária, como fazer caminhadas, escalar um monte... Marte na quinta casa lhe põe em movimento, e o seu conceito de diversões e prazer muda nesta fase. Dificilmente você se satisfará simplesmente indo ao cinema ou saindo pra jantar. Sua alma pede por aventura, por que não vivê-la?

O melhor lado de Marte na Casa 5 é o entusiasmo, uma grandiosa energia que será aplicada em quaisquer interesses, sejam eles interesses criativos ou de outra ordem.


amém.


Hei, para de me tirar o chão! Paixão passa? Espero que não. Me deixa louca só de sentir o cheiro ou sentir a pele, fato.



Feliz dia dos pais e toda aquela coisa ;*

quarta-feira, 4 de agosto de 2010


Lendo meus tweets antigos lembro de como era bom quando me mudei pra Curitiba.
Tudo novo... casa nova, ap novo, namorado novo e amigos novos.
Vida nova, amei tudo.
Saudade de quando saia com meus amigos e não tinha todas as nóias que foram surgindo depois.
Saudade de ouvir Kings of Leon com eles e voltar pra casa rouca.
Saudade dos nossos almoços, das nossas jantas...
Saudade de quando eu acordava e ia dormir feliz.
Saudade de quando eu me sentia útil.
Saudade de quando eu me sentia amada.
Saudade de sentir saudade.

Faz tempo que não tem mais nada disso.