quinta-feira, 12 de agosto de 2010

she will be loved.


Não vou conseguir.
Te olhar e não te ter.
Te sentir e não te beijar.
Saber que você está aqui no mesmo lugar que eu e ao mesmo tempo tão distante.

Hoje quando me abraçou, pensei que ia explodir em lágrimas lá mesmo... na mesa do restaurante.

Não vai dar. Não vou conseguir.

Ontem estava dormindo, mas quando você chegou e foi para o outro quarto, perdi completamente o sono e lá vieram as mil lágrimas de novo.

Não consigo comer. Não consigo dormir. Não consigo respirar.

Não vou conseguir. Se não for pra te ter, quero ficar longe.

Não vou conseguir não sofrer.





Vai passar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário