domingo, 5 de dezembro de 2010

amor.


Meu amor. Meu meu meu meu meu amor. Da minha vida. Meu amor.
Amo extremamente muito. Não vivo sem, não, não, de jeito nenhum. Quero comigo, para o resto do sempre. Comigo. Meu amor.


Pode crer, que tudo vai dar certo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário