quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

dia-a-dia



A minha vida anda daquele jeito, né... meio sei lá. Naquela de: "ai, tu não me conta mais nada!". Mas é que não tem nada pra contar, sério. Deixa eu ver... 
Ah, então, passo o dia vendo tv, dormindo, me engordando... to lendo A Sombra do Vento, muito bom! Apesar de ser enrolado, não fica chato, pois foi muito bem escrito e com frases que não passam despercebidas, sabe? Pois é... Ganhei um cachorro também. O nome dele é Chino, eu que escolhi. Escapei dos nomes estranhos que meu namorado queria dar, tipo Uílso ou Cochilo. É um Beagle, chega sábado de manhã. Ontem compramos 2 ossinhos e ganhamos amostra grátis de ração. Hoje compramos potinhos de água e comida. Ontem também, eu fiz osteopatia. Coisa estranha. Como estou naqueles dias, doeu o dobro do normal. Quando ela estralava meus ossos, parecia que tirava minha alma junto. Passei o dia todo enjoada e querendo desmaiar. Tive uma conversa não muito simpática com o namorado pela manhã, sentada na porta de um café, fechado. Não sei se me assusta ou se me da uns tapas na cara. Sei lá... Mas aquela: só vou melhorar com vc, quando eu conseguir melhorar comigo mesma. Acho justo. Pela noite baixamos 3 filmes. Só assistimos um e morremos de sono. Teve cheiro de gás, descemos e batemos na vizinha de baixo, eu, namorado, vizinho e porteiro. Ela não respondeu, achamos que estava desmaiada, maior medo, até descobrir que ela deixava a luz ligada por causa do cachorro e que não estava em casa. Desligamos o gás dela e pronto. Momento TENSO do dia, depois de claro, passar 1h esperando o namorado, dentro do carro, no maior calor e passando mal depois da sessão de osteopatia. Ai, quando ele voltou, ficamos mais 1h lá, porque a bateria do carro pifou. Momento "vou morrer", do dia. Hoje de manhã acordei suuuuuuuuuper enjoada, culpa do tratamento ai, deixa assim as coisas. Aí fomos olhar um apto, me apaixonei, socorro, quero ele. Ricardo só se interessou na sacada, se ia ter espaço para o Chino, digno de um bom pai, né? hahahaha Ok, passei a tarde toda com MUITA dor no pescoço e nos ombros, o que só vai passar quando parar de descer sangue em mim... chique. Ai fiquei jogando videogame e lendo o livro. Que o Chino chegue logo, to depositando nele todos os meus sopros de possíveis sorrisos e alegrias e companhia e tudo isso aí. Larguei o trabalho, né? Não consigo dormir, quando consigo, tenho pesadelos e passo uns 4 dias sem ir no banheiro. Ajuda? Eu sei que não. Mas é inconsciente, né? Ainda bem que tenho meu namorado, que me anima... lindo. E quando eu to "nos dias", tenho essa vontade louca de agarrar ele e não soltar mais, se é que me entendem... ><
E tive que por esta foto, pois ela tá mostrando bem onde eu mais sinto dor HAHAHA. Fico por aqui.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Ai, lendo esse seu diário aí até fico com saudade, mais ainda. Na verdade acho que comecei a sentir ciumes do Chino. Que isso, ele vai fazer companhia e você descartará a minha é? hhahaahha
    que saudade, amiga. quero logo te ver!
    se cuida =* s2s2

    ResponderExcluir