terça-feira, 4 de janeiro de 2011

oi?

Oi blog? Pois é, já alguns dias sem postar... Motivo? Saúde. É, 2010 terminou e 2011 começou e a minha saúde sempre surpreendendo! Confesso que ando assustada, chorando escondida e às vezes, na frente do namorado que me pega no colo e me acalma (on). Mas essa minha saúde nada de ferro me deixa muito triste. Nunca posso estar me sentindo bem e ai, vem esses dias infinitos com algum problema, nesse caso, muita dor nas costas. Uma dor misteriosa e que vou ter que aguentar até a minha consulta, no dia 17. E ai, mais pra frente, né... com o tratamento. Não consigo dormir, nem respirar, nem rir, nem limpar a casa, nem trabalhar, nem nada em paz. Tá difícil! Mas Deus está do meu lado e sei que não deve ser nadinha :)

Enfim... já estamos em 2011! Meu Natal foi muito muito bom! Minha família toda reunida. Fazia tempo que não passávamos assim, só faltou uma tia. Meu pai de papai noel, praia, irmãzinha, frango frito, macarrão da vó, cachorro quente da tia, churrasco do tio, namorado dorminhoco, baralho, muita risada, volei de praia, presentes, assassinato do Totó, imagem e ação, floripa... hahaha quanta coisa boa! Tirando a dor e a queimação do sol, foi muuuuuito legal e divertido! Sem contar na festa surpresa que fizemos para o aniversário da minha avó, que completou 75 anos. S2
O ano novo foi bem legal também, fomos para Santos. Só choveu e nem deu pra dar uma passeadinha pela praia, mas o Kinect rendeu boas risadas! Os fogos foram lindos e demos 7 pulinhos no mar... vem sorte!
Agora estou aqui no estágio, com dor, com muita dor. E pela primeira vez o remédio não fez efeito... muita dor. Minha mãe chega hoje, tá preocupada, né? E meu irmãozinho xuxu vem também *.*

Mas e ai... 2011. Comecei o ano apaixonada ao extremo. Novidade? Com minha aliança no dedo, com meu sono abraçado, com minhas risadas e com meu amor, que é só dele. To pensando em um emprego diferente, mas nem vou falar aqui, pra não miar... sabe, né.
Esses dias me caiu a ficha de que eu finalmente descobri quem eu sou. Quem eu sou, do que eu gosto, o que eu quero fazer, como eu me vejo daqui uns anos... Coisas que a gente descobre mais rapidamente quando saímos de casa e andamos com as nossas pernas. Enfim, sinto que esse ano vai ser bom, tem que ser! Não parece que mudou o ano, porque não tive férias, sabe? To acostumada com férias da aula e tudo mais. Esse ano não foi assim, mesmo que eu tenha ficado em casa por 2 semanas, não foram férias, foram repouso. Só vai parecer ano novo quando eu voltar pra faculdade e comprar uma agenda hauaha

E agora, acho que vou pra casa... tá difícil de respirar aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário