sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

doubt.


Não sei... a dúvida toma conta de mim como um veneno no sangue. Estou confusa.
Tem dia que eu acordo certa de algo, mas vou dormir achando já tudo errado.
Precisava que alguém viesse e falasse: "Andressa, faça assim." - mas tinha que ser alguém de total confiança, daquelas pessoas que entendem do teu futuro... Deus, por exemplo.
Às vezes penso: "tá, vai ser assim" e outra hora já estou pensando: "até quando vou aguentar assim?".
Entende o que eu digo? Medo. Medo da vida. Medo dos passos. Medo de errar. 
Preciso de algo pra me segurar, pra ter certeza sobre mim. Não sei o que fazer, sério. Não sei se to gostando da minha vida como ela está sendo, mas ao mesmo tempo, gosto. 
To afundada na dúvida. É isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário